sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Castração

A castração, além de evitar crias indesejáveis, melhora e aumenta a qualidade de vida dos animais domésticos.


Você sabia ?

1 cadela não castrada e seus descendentes podem gerar
em 6 anos, 64.000 animais;

1 gata não castrada e seus descendentes podem gerar num período de 7 anos, 420.000 animais.


Benefícios da Castração:

Fêmeas:
São evitados cistos e tumores ovarianos, piometra (infecção do útero) e pseudociese (gravidez psicológica).
Cadelas castradas não apresentam mais cio (sangramento) e quando castradas antes do primeiro cio, têm 95% menos de chances de desenvolver tumores mamários.



Cirurgia de Castração (Ovariosalpingohisterectomia/OSH)


Foto 1 - Ovário, espécie felina

Foto 2 - Ovários e cornos uterinos, espécie felina

Foto 3 - Ponto cirúrgico externo após cirurgia minimamente invasiva em fêmea da espécie felina




Machos
Quando castrados, ficam inférteis, porém sem perder o instinto de proteção da casa. O odor da urina diminui, há melhora do comportamento do animal, diminui a incidência de problemas de próstata (hipertrofia – que é causa freqüente de infecções urinárias em idosos e tumores) e tumores testiculares, que ocorre com freqüência nos velhinhos
Felinos deixam de brigar pela rua por disputas por fêmeas e há diminuição de 90% dos problemas de trato urinário.